quinta-feira, 30 de junho de 2011

sonho?

fecho os olhos
sinto teu toque
tua língua em meu ouvido
a mão firme deslizando
dentro da minha cueca
coração batendo forte
esse desejo louco
pouco a pouco me consome
tua língua quente me queima
os meus lábios te saboreia
perco-me em desejos
com o calor do meu corpo
você se curva ao prazer
agora sinto sua boca quente
movimentos ligeiros e ternos
com a ponta da língua
saboreio os delírios
quando sugo tuas gotas de suor
fantasias sussurradas
acordam meus instintos.

Um comentário:

Edu disse...

Meio off-topic, mas desde que um dia enfiei a língua num ouvidinho meio "ceroso" não consegui largar o tal do cotonete, com medo de causar o mesmo trauma amargo em outrem! :-)

Beijo pra você, moço!