quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

tes...tes...testanto.

- vamos fazer um teste.
- teste de quê?
-você tem coragem, não tem?
- estou com medo.
- ótimo. agora você precisa vencer o medo.
- quero minha mãe aqui.
- ela vai ficar orgulhosa.
- vai ficar é brava, isso sim.
- você acha que ela quer um filho medroso, covarde?
- é perigoso demais.
- que nada seu bobo.
- é muito alto.
- eu não vou perder a minha manhã aqui com você enrolando.
- quem disse que eu estou enrolando?
- talvez mão esteja pronto. achei que estivesse. me enganei.
- mas é muito alto.
- tem gente que é assim mesmo, medroso. você não tem culpa.
- eu não sou medroso!
- já vai chorar? não estou te obrigando.
- isso eu sei!
- se quiser ir embora. é só ir.
- tentarei.
- estou duvidando.
- eu vou!
- já decidiu?
- já sim.
- é perigoso. é alto.
- já sei.
- você que quer ir, não estou te obrigando.
- se...se...se...
- sua mãe ficará orgulhosa.
- será? talvez...
- e aí, preparado?
- u-hum.
- não olha pra baixo. vem, criatura.
- é muito alto!
- dá mais um passo. agora fecha os olhos. ok? pensa que tem uma piscina lá em baixo, bobo. só respirar fundo. pula!

11 comentários:

Sieger disse...

Eu tb tenho medo de pular...

Sieger disse...

... mas me espera depois de começar a fazer parkour!

Jaque disse...

hauhauhaua ó o vício: achei que vcs iam pular de pára-pente! hihihihihi

Sônia disse...

Quem se matou??? rs...

Adlianny disse...

O medo as vezes nos priva de coisas magníficas, mas como saber se seriam magníficas mesmo se o medo nos impede? Maldito medo...
Adorei, beijo bem grande.

Tem um selo pra vc no meu blog.
Adoro estar aqui com vc SEMPRE.

Luifel disse...

Isso é para-pente? Bung jump? Paraquedas?

Abção!

Beleza de Ser disse...

Deixou o medo e pulou?

Rodrigo Brower disse...

Pulaa, pulaa, pulaa! hehehe Bjs

Pedro disse...

Eu ia ver primeiro onde eu ia pular... rs

DO disse...

Affff,as pernas tremem só de ler.

Mas tem toda uma subjetividade atras ,né??

digitaqueeuteleio disse...

Está vencendo ou encarando desafios?

Adoro estar nas duas situações, melhor ainda se o vencemos. Enfrentar um espaço cheio de seres chamados alunos, foi um deles (há um bom tempo atrás...rss)

Ficou muito legal este texto!

Marcelo.