quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Em Pessoa... (resposta)

Ontem coloquei uma postagem com o título "Pessoa".
Hoje tive uma (res)postagem

----------------------------------------------------------------------------------

Difícil pra você falar das coisas simples?
Não é tão simples como pensa ser.
Fácil seria sentir as coisas simples?
Permito-me e reflito sobre o mesmo.
Algo te deixa aflito?
Caminhadas sem sentido.
Te deixa no ar?
O aprender e o não crescer.
Mergulhe em você
A todo o momento o faço,
encontre além daquilo que você é.
Já não quero saber o porquê.
Não sabe aonde estás?
Em águas profundas e de baixas temperaturas.
Tempo?
Preciso.
Espaço?
Preservo.
Nada disso é palpável.
Pode ser compartilhado.
O que você é além do que mostra ser?
Algo que deve ser cuidadosamente investigado.
Onde vai?
Sinto-me perdido em meu caminho de tijolos amarelos.
Sabe aonde chegar?
Onde Deus me permitir amarrar meus elos.

Eu flutuo...
...Eu seguro.
Eu mergulho...
...Eu observo.
Continuo não sabendo onde estou.
É preciso tempo, seguro o abstrato, deixe-o fluir.

Uma coisa é certa...
...A certeza apenas complica a vida.
Te sinto em cada momento
Agradeço com o coração, MENINÃO.
quando o meu coração acelera
Serei cardiologista?
quando te vejo
Serei oftalmologista?
quando falo com você.
Serei otorrinolaringologista?

Uma outra coisa também...
...É ser especialista.
Tenho calma.
Para deixar a razão ser vencida pela emoção.
Te dou o chão.
Já estou fixado.

Estou aqui pra você.
E eu de braços abertos.
Estarei te esperando.
Agradeço ao sentimento maquinado.


::.. Em Pessoa ..::

4 comentários:

Sônia disse...

Ficou legal! rs...

Você tem razão, tudo é poesia.



Boa noite.

Jana disse...

humm não sei, mas acho que este post tem nome e sobrenome!

beijos

Sieger disse...

uau, q lindo

DO disse...

Babei aqui...


:)