terça-feira, 24 de julho de 2007

Minha (Nova Querida) Aline!

Ganhei mais uma nova fã. Essa é de coração e carteirinha pelos comentários que venho escutando.
Na postagem anterior ela leu meu textos e postou em seu orkut. E diz...

”SIlVIOOOO, ainda bem que não te irritei, roubando seu sensível retrato poético....Achei digno de publicação seu blogge, por isso recortei um fragmento para minha página.Ps: Vc. tem razão, seu comprometimento atual de carne, osso e alma, vale mais a pena, do que mil e trocentas cantadas a essas imagens que fabricamos para esconder o que realmente importa...”

Aline me chama de poeta
Será que sou?
Apenas faço versos.
Deixo a caneta deslizar pelo papel
na velocidade dos meus pensamentos.
Nesses sonhos
Nascem momentos de imagens
Amor, aventura e paixão.O que é ser um escritor?
Nada mais que um ser,
Uma pessoa com o dom de escrever
o que vem de dentro do seu interior.
Escrevo e componho a vida.
O poeta é dono do seu universo
Diante de uma caneta e de um papel
tudo pode acontecer,
é mais do que ser escritor...

Vamos ser assim também?
O mundo está precisando!

4 comentários:

Jana disse...

O que mais vale é isso, o reconhecimento e identificação de quem nos lê,

Respondendo: Bernardo tem 5 anos!

beijo

Pedro disse...

só deixar levar... a caneta no papel. ser escritor é conseqüência!

DO disse...

Pois eu tbem acho q vc é um poeta.


Abração!!

Luciana Farias disse...

Que legal!!! :-)))

Beijão...