quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Amar não é em vão

Não quero que você morra de amor por mim. Só preciso que você viva por mim. Que queira estar junto de mim, me abraçando. Não exijo que você me ame como eu te amo, quero apenas que você me ame, não me importando a intensidade.
Não tenho a pretensão de que, todas as pessoas que gosto, gostem de mim...
Nem que eu faça a falta que algumas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível... E que esse momento será inesquecível... Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso estampando no meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre... E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para você quando estiver ao meu redor. Quero poder fechar meus olhos e imaginar você... E poder ter a absoluta certeza de que você também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Tenho certeza de que, apesar de minhas renuncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou e não pelo que tenho. Que me ver como um ser humano completo, que abusa dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dá valor ao que realmente importa que é o meu sentimento, não brinca com ele. E pede para que eu nunca mude, para que eu seja sempre eu mesmo.
Que eu nunca deixe minha esperanças ser abaladas por palavras pessimistas...
Que a esperança nunca pareça um “não” que a gente teima em maquiá-lo de verdade e entende-lo como “sim”.
Quero sempre poder ter a liberdade para poder dizer para quem eu amo o quanto ela é especial e importante para mim, sem ter de me preocupar com terceiros.
O amor existe. Vale a pena se doar, que a vida é bela sim e que eu sempre darei o melhor de mim.
Vale a pena!
M.Q.

3 comentários:

SFIJ disse...

Olá... você me conhece, ou melhor não me conhece... ah! sei la isso não importa. importa que eu adorei seu post. vc escreve muito bem. parabens.

tm disse...

que texto lindo!!!

=D

Clayton Epfani disse...

Esse texto do Mário Quintana me deixa inqueito, me causa um convulsão de sentimentos e pensamentos...

Adoro você e espero sinceramente que a pessoa à qual você dedica esse texto possa corresponder a esse amor tão latente que há em você.

Pois só uma pessoa louca poderia abdicar de toda essa dedicação!

Te adoro e apesar de tudo estaria aqui para te ajudar sempre.

Beijim

Clayton Epfani