quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Pessoa

bambús - Museu do Ipiranga

Difícil pra você falar das coisas simples?
Fácil seria sentir as coisas simples?
Algo te deixa aflito?
Te deixa no ar?
Mergulhe em você
encontre além daquilo que você é.
Não sabe aonde estás?
Tempo?
Espaço?
Nada disso é palpável.
O que você é além do que mostra ser?
Onde vai?
Sabe aonde chegar?

Eu flutuo...
Eu mergulho...
Continuo não sabendo onde estou.

Uma coisa é certa...
Te sinto em cada momento
quando o meu coração acelera
quando te vejo
quando falo com você.

Uma outra coisa também...
Tenho calma.
Te dou o chão.

Estou aqui pra você.
Estarei te esperando.

5 comentários:

DO disse...

Nem preciso dizer que estou sempre torcendo por vc,né??

Abracao!!

Luifel disse...

Caramba! Como é bom amar!

Abção!

Sônia disse...

Putz! Que declaração! rs

Daniella Ricciardi disse...

Lindo... Mas não esqueça que a vida passa.. só espere se realmente valer a pena..

BJO

Lidiane disse...

O amor...

E a foto, do ladinho de minha casa.
:)