sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Sem Frescura

Vivo no limite e respiro livremente
perdi o medo, a vergonha, a insegurança.
Debato situações
Exponho minhas idéias.
Sou diferente
Amadureci
Cresci
Não me escondo atras de um nome.
Se tenho um blog, nele falo de tristezas e alegrias.
Até de fatos reais e fictícios.
Número não é tudo na vida
Por isso não escrevo em busca de comentários.
Fui acusado de Inflexível,
Talvez, eu aceito que sim
pois contra a hipocrisia e a inveja
sempre serei muito inflexível.
Não arranho, nem mesmo belisco.
Eu não mordo.
Quando quiserem saber alguma coisa, perguntem.
Por terceiros não acho que seja a melhor opção.
Abraços e beijinhos do tamanho do mundo.
Assim me despeço deixando a todos
os que tem um pequeno fetiche por mim.



P.S.: Não é uma despedida.

6 comentários:

DO disse...

Espero que isto não seja uma despedida do blog

Abração!

Jana disse...

Andaram querendo saber de vc é? rsrsrs

Beijos

Bruno disse...

HAIUHAi

Bom o texto...

Mas... Como o comentário do DO disse, isso é uma despedida?

El Negro Tiene Tumbao disse...

(Sieger)
Soou como uma despedida...

Sean Hagen disse...

*



democracia é bonitinha em teoria.
somos, mesmo, é ditadores da nossa razão.




*

Sônia disse...

Eu já adoro comentários! queria ver uns 100 no meu blog, em cada post! rs...



Um ótimo fim de semana!