terça-feira, 8 de maio de 2007

Vendo Estrelas
















As pessoas vêem estrelas de maneira diferente. Para aquelas que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para os sábios, elas são problemas. Para o empresário, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu, porém, terás estrelas como ninguém nunca as teve...
Quando olhares o céu de noite, eu estarei habitando uma delas, e lá estarei rindo; então será para ti, como se todas as estrelas rissem! Desta forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir!
E quando tiveres consolado (a gente sempre se consola), tu ficarás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo. Terás vontade de rir comigo. E às vezes abrirás tua janela apenas pelo simples prazer... E teus amigos ficarão espantados de ver-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: "Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!" E eles te julgarão loucos. Será como uma peça que te prego...
Será como se eu te houvesse dado, em vez de estrelas, montes de pequenos guizos que sabem rir...


x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x+x

Virada Cultural foi ótima. Parece que o público cresce a cada ano que passa. Ainda estou acabado... (ai meus pés!)
Desculpem-me a minha ausência. O motivo é a faculdade, estou em período de provas.
Abreijos a todos!


2 comentários:

Carlinha disse...

Eu queria tanto ter ido na Virada Cultural... Acho que tenho poucos amigos que gostam das mesmas coisas que eu e muitos que gostam de outras...
Beijos!

DO disse...

Achei tão lindo.
To mais é precisando de uma loucura destas,heheheh
Abração!!